Todas as Cidades
Histórico
Chuvas

Cotrijal testa novo equipamento

27/04/2009

A aplicação de calcário à taxa variável foi usada como teste para a simulação. O equipamento possui GPS e também permite trabalhar com taxa fixa, tanto para corretivos quanto para fertilizantes.

Tracionado por um caminhão Mercedes Benz, 2826, o equipamento vai servir como uma ferramenta para o produtor. As informações são do analista de produção da Cotrijal, Leonardo Kerber, que afirma: "com este equipamento vamos conseguir aplicar fertilizantes e corretivos à taxa variável, ou seja, aplicar a quantidade certa, no local certo, ou utilizar taxa fixa", diz.
A vantagem do equipamento, segundo Leonardo, além da distribuição das doses programadas, é a questão da faixa de aplicação. "É um equipamento muito preciso. Ele dá ao produtor a garantia e a eficácia na aplicação do fertilizante, evitando assim o desperdício". A máquina é equipada com GPS, que conduz à faixa de aplicação.

À DISPOSIÇÃO DO PRODUTOR É uma máquina que fica à disposição dos produtores associados. Em princípio o equipamento vai aplicar corretivos e fertilizantes à taxa variável. Pra isso é necessário que o produtor colete amostras de solos, dentro do Programa Ciclus. Caso não seja realizada a coleta de amostras geo-referenciadas, é possível fazer a aplicação do corretivo com fertilizante à taxa fixa.

LISTA DE INSCRIÇÃO "Hoje nós temos uma lista de inscrição. Estamos com dois quadricícolos e dois operadores coletando amostras de solo", informa Leonardo. Caso o produtor queira fazer a aplicação à taxa variável, deve procurar a Cotrijal ou o responsável técnico para encaminhar a aplicação. Para isso é necessário que tenha toda a recomendação agronômica estruturada e também disponibilidade de equipamento.