Todas as Cidades
Histórico
Chuvas

Soja voluntária deve ser eliminada

Soja voluntária deve ser eliminada
(Clique para ver mais imagens)
Área em pousio com plantas de soja tiguera infectadas com ferrugem Ferrugem em soja tiguera Mofo branco em soja tiguera Pousio com soja tiguera e nabo

As lavouras que apresentam soja voluntária (tiguera) devem receber manejo para o controle. Para um trabalho eficiente, o Departamento Técnico da Cotrijal recomenda aos produtores monitorar áreas e buscar informações para que as plantas não permaneçam no campo por muito tempo. Além de atrapalhar a produção, invasora pode deixar focos de doenças como oídio, mofo branco e a ferrugem Asiática na próxima safra de verão. 

“A chuva dos últimos dias, associada a temperaturas amenas, ocasionou um ambiente propício para a manifestação desse tipo de doenças. Organizar a entrada na lavoura, com a correta aplicação de herbicidas é fundamental. Na dúvida, o produtor deve procurar pela assistência da Cotrijal”, recomenda o coordenador técnico de Difusão, Alexandre Nowicki. 

No RS, o outono não teve  formação de geadas até o momento, o que favoreceu o desenvolvimento e a presença da soja voluntária no campo. “Esse é um problema que está presente em todo o Estado, em áreas de pousio e também naquelas áreas que receberam plantas de cobertura. É um controle necessário e de extrema importância”, pontua o coordenador. 

PROGRAMA SENTINELA
Essa é uma dica do Programa Sentinela Cotrijal, que apresenta informação, com o adequado planejamento para a sua lavoura. 

Para mais dicas do Programa Sentinela Cotrijal, acesse nosso " target="_blank">Facebook e siga-nos no Instagram.

Confira a entrevista com o coordenador Técnico de Difusão, Alexandre Nowicki

Assessoria de Imprensa da Cotrijal
Jornalista Fernando Teixeira
Fotos: Alexandre Novicki (Detec)


Soja voluntária deve ser eliminada Área em pousio com plantas de soja tiguera infectadas com ferrugem Ferrugem em soja tiguera Mofo branco em soja tiguera Pousio com soja tiguera e nabo