Todas as Cidades
Histórico
Chuvas

CÓDIGO FLORESTAL: Mais prazo para quem desmatou

04/04/2012

Governo deve prorrogar outra vez decreto que suspende multa para supressão de mataPara fechar as negociações do Código Florestal, o governo federal deve prorrogar mais uma vez o decreto que suspende as multas a quem cortou árvores e que vence no próximo dia 11. A ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, disse ontem que o prazo ainda não está definido, mas será necessário para garantir o fim das negociações em torno do texto.

Ideli acrescentou que aguarda “posição muito clara” da presidente Dilma Rousseff sobre a proposta para levar posição aos líderes partidários:

- É um período de entendimento do conteúdo e das consequências. Deveremos ter uma prorrogação com um tempo que permita terminar essas conversas e poder fazer a votação.

A ministra disse não acreditar em pressão dos deputados para a votação do texto sem entendimento. Na semana passada, o presidente da Câmara, Marco Maia, costurou acordo para liberar a votação da Lei Geral da Copa, garantindo que colocará o código em votação até fim do mês. O governo tem conversado com o relator da matéria, o deputado Paulo Piau (PMDB-MG), para entender o que será votado.

- O mais importante é que, da votação do Código Florestal, tenhamos a garantia de que o Brasil continuará produzindo e preservando o ambiente - disse Piau.

Como está - A última prorrogação do decreto que suspende as multas a quem desmatou ocorreu em 12 de dezembro de 2011. - Na ocasião, foi estendido por mais quatro meses, ou seja, vence no próximo dia 11. - Ainda não está acertado por quanto tempo será estendido