Todas as Cidades
Histórico
Chuvas

Stephanes defende plantio direto

15/10/2009

O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, defendeu na quarta-feira (14), na Câmara dos Deputados, a adoção do plantio direto como forma de reduzir a emissão de gases responsáveis pelo aquecimento global.

Stephanes ressaltou que, nesse ponto, o Brasil já está colaborando para a redução do efeito estufa com o plantio direto da soja e do feijão, sistema que, segundo ele, pode abranger outras culturas nos próximos anos. Para ele, outro manejo importante é a fixação do nitrogênio nas colheitas e a eliminação das queimadas. "A terra é um depósito de carbono e pode ser manipulada de forma mais racional."

O país já tem um projeto de desmatamento zero para a agropecuária, que, segundo o ministro, é "bem construído e bem instrumentalizado". Já foi estabelecido o zoneamento para o plantio de cana, com restrição ao desmatamento para essa cultura e para os projetos agropecuários. De acordo com Stephanes, a integração entre lavoura e pecuária é a prática que tem que ser seguida para reduzir a emissão de gases na atmosfera.

Fonte: Portal do Agronegócio