Todas as Cidades
Histórico
Chuvas

FAO pede investimento dobrado na agricultura mundial

09/10/2009

Segundo relatório elaborado pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO, na sigla em inglês), será necessário um investimento líquido de US$ 83 bilhões por ano na agricultura de países em desenvolvimento para garantir alimentos para 9,1 bilhões de pessoas em 2050.

No documento divulgado nessa quinta, dia 8, a FAO assegura que é necessário aumentar os investimentos em agricultura em cerca de 50%.

Entre os setores que requerem aplicações, estão o de agricultura e pecuária, além dos serviços de apoio, como refrigeração, armazenamento e os mercados.

A projeção dos investimentos anuais necessários até 2050, feita pelo organismo internacional, inclui US$ 20 bilhões para a produção agrícola e US$ 13 bilhões para a pecuária, segundo o documento detalhado pela FAO. A mecanização será a maior área de aplicação individual, seguida pela expansão e melhora da irrigação.

Serão necessários outros US$ 50 bilhões anuais para os serviços associados, que permitirão um aumento de 70% na produção alimentícia no mundo em 2050.

A maior parte destes investimentos, tanto em agricultura básica quanto em serviços associados, "procederá de investidores privados, incluindo os camponeses que compram maquinário agrícola e empresas que aplicam em instalações", acrescenta. Seriam quatro as áreas prioritárias a serem destinadas os investimentos públicos.

Além disso, serão necessários fundos públicos, para um melhor funcionamento do sistema agrícola e da segurança alimentar, aponta o documento.

Fonte: ZERO HORA