Todas as Cidades
Histórico
Chuvas

Festa da Record na Expointer

08/09/2009

Em uma cerimônia muito descontraída, foram entregues ontem à noite os troféus a 25 personalidades que se salientaram por sua atuação em prol do agronegócio gaúcho. A solenidade dos Destaques Expointer 2009, promovido pelo Grupo Record e pelo Banrisul, é um dos momentos marcantes da exposição e a festa, com o passar dos anos, transformou-se no evento oficial de encerramento da feira.

Uma das marcas do evento no Grêmio Náutico União, na Capital, foi a emoção. A governadora Yeda Crusius afirmou que a premiação dos Destaques é esperada a cada ano por quem participa da Expointer. "Eu, neste ano, surpresa com a premiação, vou compartilhar com os demais agraciados essa alegria."

O presidente do Grupo Record no Rio Grande do Sul, Natal Furucho, comparou a governadora à katana, uma espada usada no Japão antigo para decaptar os adversários. Ele se justificou: "para se fazer a katana, se escolhe o aço e ele é submetido a pancadas e à água fria alternadamente. O aço bom não racha, vai até o fim". E complementou: "governadora vá até o fim". Ele ainda aproveitou a ocasião para destacar que a empresa trabalhará para defender a divisão de royalties do pré-sal para todos os estados. "O grupo se sente contrariado, pois a Record trabalha pelo povo e considera isso um desprestígio ao Estado".

A tradição do evento e dos veículos da Record na cobertura do setor são referenciais. A escolha é feita de forma técnica e isenta. Com base nos resultados das pistas de julgamento, a organização da Expointer aplica um coeficiente para chegar à lista dos expositores de melhor desempenho em cada categoria ao longo dos nove dias do evento.
TOMAZINI LEVA TROFÉU DO COOPERATIVISMO

O presidente da Cotrijal, Nei Mânica, entregou a distinção Destaque Cooperativismo ao superintendente da Organização das Cooperativas do Estado do Rio Grande do Sul , Norberto Tomazini, por seu perfil aglutinador.

Fonte: Correio do Povo