Todas as Cidades
Histórico
Chuvas

Janeiro termina com chuva acima da média

03/02/2011

A Embrapa Agropecuária Oeste informou nesta quarta-feira (02) que as chuvas em janeiro totalizaram 290 milímetros em Dourados, 73% superior à média histórica de 32 anos, de 168 mm. Foi o terceiro janeiro mais chuvoso da série de 32 anos, inferior apenas a 2003 (340 mm) e 1997 (300 mm). Em fevereiro recém começou e a estação agroclimatologica da Embrapa registra 66,2 milimetros até a hoje (3).

Janeiro tem sido chuvoso nos últimos cinco anos, exceto em 2009, quando uma seca destruiu perto de 30% da produção de soja, obrigando, inclusive, a decretação de estado de emergência. Mas nesta safra, lavouras chegam a ficar parcialmente inundadas.

Conforme dados da Embrapa Trigo, o mês de janeiro teve um acumulado de 143,4 milímetros de chuvas na região de Passo Fundo. A quantidade é 5% superior à média histórica para o período e comprova o enfraquecimento do fenômeno La Niña. O observador meteorológico Ivegdonei Sampaio revela que janeiro registrou 20 dias com temperaturas acima dos 30 graus.

Segundo ele, as chuvas para os próximos meses continuarão sendo mal distribuídas. Sampaio lembrou, que devido à ocorrência de chuvas fracas nos finais de tarde, e à alta umidade relativa do ar, a sensação de abafamento deve seguir nos próximos dias. Para o especialista, as altas temperaturas também serão mantidas. No mês passado, as temperaturas se mantiveram 1,3 graus acima da médica histórica. A previsão indica que até quinta feira a chuva deve continuar em toda a região.