Todas as Cidades
Histórico
Chuvas

Inaugurada a revitalização do trevo da BR 285 em Carazinho

02/02/2011

Foram inauguradas nesta quarta-feira (2), as obras de revitalização do Trevo Dyógenes Martins Pinto, que dá acesso ao Município de Carazinho pela BR 285.

A solenidade contou com a presença do prefeito de Carazinho, Aylton Magalhães; da presidente do Legislativo, Sandra Citolin; e de representantes de entidades representativas de classe. Também marcaram presença o deputado federal, Ronaldo Nogueira de Oliveira; a presidente do Grupo Diário da Manhã, Janesca Martins Pinto; o presidente da Cotrijal, Nei César Mânica; o presidente e o diretor de Relações Institucionais da Coviplan, Rubens da Cunha Barbosa Lima e José Luiz Espanhol, respectivamente; e a diretora-Executiva do Jornal Diário da Manhã - Carazinho, Jussara Alberton Sirena.

A revitalização do Trevo Dyógenes Martins Pinto se deu por meio de uma parceria firmada em dezembro de 2010, através de um termo de cooperação assinado entre o Grupo Diário da Manhã, a Cotrijal, a Coviplan e a Prefeitura de Carazinho. O projeto foi desenvolvido pelo Departamento de Engenharia da Prefeitura e, de acordo com Aylton, significou um empenho conjunto para tornar o local um cartão postal do município. "Tenho dito que a cara do prefeito é a entrada da cidade. E, neste caso, o Trevo Dyógenes, que é quase antes da entrada, representa os olhos do prefeito. Por isso, nada mais justo do que essa soma de esforços para embelezar o local", assegurou, comentando que a participação inicial do município deu-se pela elaboração do projeto paisagístico, desenvolvido pela arquiteta Letícia Almeida Del Sávio, que foi aplicado em toda a extensão do trevo.
Para o presidente da Cotrijal, Nei César Mânica, a revitalização do Trevo Dyógenes Martins Pinto serve como forma de embelezamento da entrada da cidade. "Foi através dessa parceira que essa obra foi realizada, e a entrada da cidade ganhou cores, e modernização com esse trabalho", observa Mânica, que também chamou a atenção para a imortalização do nome do homenageado, que tem um simbolismo importante para a região.