Todas as Cidades
Histórico
Chuvas

Leite sobe em janeiro; demanda manterá alta

02/02/2011

O ano começou com alta do leite. Em janeiro, o preço médio -pago pelo produto entregue em dezembro de 2010- aumentou 1,2%, para R$ 0,729 por litro, segundo o Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP.

Em relação a janeiro de 2010, a valorização é de 22% (sem descontar a inflação). A oferta limitada em dezembro, quando a captação subiu apenas 0,4% no país, em plena safra, explica parte desse comportamento.

A seca no Rio Grande do Sul e o excesso de chuvas no Sudeste, que prejudicou o transporte, afetou a disponibilidade de leite. Ao mesmo tempo, o aquecimento do consumo interno, especialmente de derivados, forma o cenário de alta para as cotações, diz a pesquisadora Aline Barrozo Ferro, do Cepea.

E esse maior consumo de queijos e iogurtes, entre outros derivados -resultado do aumento na renda-, deve fazer de 2011 um ano de bons preços para o produtor.

Em 2010, o aquecimento da economia já resultou em alta de 10% no preço médio pago ao produtor, de acordo com a Scot Consultoria. O consultor Rafael de Lima Filho, da Scot, estima que a demanda por leite e derivados crescerá entre 4% e 5% ao ano no Brasil, nos próximos cinco anos.

Por outro lado, o produtor também terá de conviver com aumento de custos. Com a alta de milho, farelo de soja e preço dos fertilizantes desde o segundo semestre do ano passado, será preciso gastar mais para produzir a mesma quantidade de leite.

Assim, apesar de ter preços em patamares superiores aos praticados no ano passado, a margem de lucro do pecuarista pode ser menor em 2011, observa o consultor. Pãozinho A alta no preço do trigo não deve ser repassada para o pão francês nos primeiros meses deste ano, garante Márcio Rodrigues, coordenador do Propan (Programa de Apoio à Panificação), ligado à indústria do trigo e da panificação. Já subiu No final de 2010, o preço do pãozinho já subiu entre 8% e 15%, dependendo da localização, para compensar a alta do trigo no segundo semestre. Mas, desde o início de 2011, o valor do trigo no mercado interno aumentou mais 8%, segundo pesquisa da Folha. Troca de mãos A JBS tem novo presidente-executivo. Joesley Batista será substituído por Wesley Batista, seu irmão, então presidente da subsidiária da empresa nos EUA. Joesley passa a ser presidente do Conselho de Administração e a JBS USA terá à frente Don Jackson, que comandava a Pilgrim"s Pride, adquirida pela JBS.