Todas as Cidades
Histórico
Chuvas

Rússia deve habilitar frigoríficos de suínos de SC

04/06/2009

A informação é do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Reinhold Stephanes, que está na Rússia em missão oficial desde terça-feira (02/06).

Para Stephanes, a decisão consolida o trabalho junto ao governo russo e fortalece a posição do Brasil no mercado externo. O anúncio foi feito, nesta quarta-feira (03/06), durante reunião entre a ministra da Agricultura da Rússia, Elena Skinnik; o chefe do Serviço Veterinário do país, Sergey Dankvert, além de Stephanes, os secretários de Defesa Agropecuária, Inácio Kroetz, e de Relações Internacionais do Agronegócio, Célio Porto.
Até o início da próxima semana, o número de estabelecimentos habilitados será oficializado pelas autoridades russas. Conforme Kroetz, na sequência dessa oficialização, deverão ser autorizados outros frigoríficos catarinenses, que estão em análise pelo serviço veterinário russo. "O anúncio é resultado de entendimentos realizados ao longo dos últimos meses. Recentemente, o Ministério da Agricultura auditou frigoríficos catarinenses, a pedido das autoridades sanitárias da Rússia, o que possibilitou a retomada das exportações de carne suína daquele estado", disse o secretário de Defesa Agropecuária.

De janeiro a maio deste ano, o Ministério da Agricultura realizou auditorias em 22 estabelecimentos de Santa Catarina. A missão do Mapa fica na Rússia até a próxima segunda-feira (08/06). Na pauta estão assuntos como a ampliação das cotas de exportação de carnes suínas e de frango, reuniões com exportadores de fertilizantes e de trigo e participação no Fórum Mundial de Grãos.

De janeiro a abril de 2009, o Brasil exportou 95,2 mil toneladas de carne suína para a Rússia, totalizando US$ 195,9 milhões. Durante todo o ano de 2008, os embarques dessa carne somaram US$ 799,9 milhões, que representaram 260 mil toneladas.

Fonte: Revista Globo Rural